Tudo o que você precisa saber sobre Casa Inteligente e suas tecnologias

Quando se fala em casa inteligente, muitas pessoas imaginam uma mansão repleta de equipamentos robustos e caros. Mas hoje essa imagem tem pouco a ver com a realidade. Na verdade,  para ser considerada inteligente, basta que a casa tenha alguns dispositivos inteligentes. Conectados entre si, eles são capazes de automatizar tarefas rotineiras e dar mais praticidade para o dia a dia, aliando comodidade, segurança e sustentabilidade. 

Fechaduras digitais, assistentes virtuais, lâmpadas inteligentes e câmeras Wi-Fi são algumas soluções inovadoras que estão se tornando mais comuns nas casas dos brasileiros. Não é por acaso que, no Brasil, a expectativa é que o número de casas inteligentes, chegue à 1,9 milhões nos próximos anos, segundo a Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial – AURESIDE. 

Neste artigo, nós apresentamos tudo o que você precisa saber sobre casa inteligente, a começar pelo conceito que a torna possível: a Internet das Coisas (IoT). Acompanhe!

Internet das coisas: como esse conceito está mudando nossas casas

A Internet das Coisas ou IoT – sigla em inglês para Internet of Things – é um conceito que se refere à conexão de objetos – desde máquinas industriais e automóveis até lâmpadas e máquinas de lavar – ligados à internet. Assim, os objetos são capazes de coletar e transmitir dados e, a partir disso, executar tarefas por comando de voz, um clique ou automaticamente.  

Imagine que você esteja saindo do trabalho e recebe uma mensagem da sua geladeira inteligente: é uma lista de itens que estão faltando e precisam ser comprados. Com essa informação, o GPS do seu carro é ativado para encontrar e traçar a rota para o supermercado mais próximo. E depois, na hora que você estiver chegando em casa, o portão da garagem abre no instantante certo, pois está acompanhando sua localização. Tudo isso é possível graças à IoT. 

 

O que é uma casa inteligente?

Conhecida também como smart home ou casa conectada, uma casa inteligente é equipada com dispositivos domésticos e soluções tecnológicas conectadas, que proporcionam mais praticidade, comodidade, segurança, desempenho e economia – logo, são também sustentáveis. 

 Portas, cortinas, luzes, termostatos, câmeras de segurança, eletrodomésticos, entre outros dispositivos inteligentes e conectados, podem ser automatizados e controlados por você a distância. Mas até isso ser viável, muitas mudanças tecnológicas aconteceram. Confira a história a seguir! 

Linha do tempo da casa conectada

Na década de 1990, a automação residencial era conhecida por ser algo para pessoas com alto poder aquisitivo, proprietárias de grandes casas com home teather e sancas de gesso. Com os avanços tecnológicos o cenário mudou e as casas inteligentes se tornaram mais acessíveis. Veja a linha do tempo abaixo!

Tecnologias e equipamentos para smart home

Com o advento da internet das coisas e das conexões Wi-Fi, uma série de equipamentos automatizados foram produzidos. Conheça, a seguir, as principais soluções tecnológicas e equipamentos para smart home.

Assistentes virtuais

Ativados por comandos de voz, os assistentes virtuais facilitam a realização de atividades domésticas. O smart speaker interage verbalmente com o usuário e realiza ações por comando de voz: tocar músicas, fazer pesquisas, previsão do tempo, atualização do trânsito são algumas funcionalidades. Amazon Alexa e Google Assistentes são os sistemas mais populares hoje.

Eletrodomésticos inteligentes

Cafeteiras, geladeiras, freezers, fornos, máquinas de lavar roupa ou louça, secadora e outros dispositivos podem ser programados, de forma remota, para que executem tarefas sem a necessidade de ações manuais, tampouco de supervisão humana. Para isso, só é preciso um smartphone.

Eles podem, ainda, ser conectados a redes de prestadores de serviço, como supermercados, que recebem listas de compras da geladeira inteligente e depois fazem a entrega de tudo sem você ter trabalho algum.

Iluminação inteligente

Você pode programar, de qualquer lugar, o acionamento de cenários diferentes de iluminação, com várias cores e intensidades. É muito útil para economizar energia elétrica e criar a impressão de que há alguém em casa quando você estiver fora.

Sistemas de segurança

Câmeras de monitoramento – de áreas internas e externas –, sistemas de alarme e sensores de presença são interligados ao controle de acesso. À distância você acessa imagens em tempo real e é notificado se houver tentativas de invasão. 

Controle de acesso

Por meio de um sistema de controle de acesso, você consegue determinar horários específicos para a entrada de outras pessoas, como familiares, amigos e prestadores de serviço. Se alguém não autorizado tentar entrar, uma notificação é enviada para seu smartphone.

As principais tecnologias integradas ao controle de acesso, são:

  • Fechaduras digitais: acessíveis através de senhas, tag ou biometria.
  • Videoporteiro Wi-Fi: mesma função de um porteiro eletrônico comum, mas com o acréscimo do vídeo para identificar quem deseja entrar e liberar o acesso de onde você estiver.

Alguns aplicativos e assistentes pessoais podem, ainda, monitorar sua localização e abrir o portão quando você estiver chegando.

Soluções sustentáveis

energia solar fotovoltaica faz parte das casas inteligentes.  Os módulos geram eletricidade a partir da energia solar, contribuindo para a sustentabilidade. Além disso, soluções para coleta e reaproveitamento de água da chuva também podem ser consideradas sistemas inteligentes, que colaboram para a economia e sustentabilidade de uma smart home. 

Vantagens da casa inteligente

casa-inteligente

As soluções para casa inteligente têm uma série de vantagens. Por exemplo:

  • Facilidade de instalação:  muitos dispositivos se conectam por rede sem fio, sem necessidade de cabeamento. Por isso é viável adotar esses dispositivos mesmo em apartamentos alugados, pois são facilmente desconectados e reinstalados.
  • Praticidade: programar a climatização, o acionamento do ar condicionado e da iluminação pelo celular, são facilidades relevantes para o dia a dia. Já pensou chegar em casa no verão e encontrar o lugar fresquinho?
  • Comodidade: tarefas podem ser executadas a distância ou remotamente, através de um assistente de voz ou aplicativo.
  • Aumento da segurança: a automação do acionamento de iluminação e as soluções do controle de acesso deixam a casa menos vulnerável.
  • Economia: os dispositivos são acessíveis e facilitam a economia de energia, assim como opções sustentáveis reduzem o consumo de água ou luz elétrica.

 

O que é preciso para ter uma casa inteligente

Para ter uma casa inteligente é fundamental ter uma conexão de internet sem fio, que seja potente, estável e alcance todas os espaços da sua casa. A tecnologia mesh para roteadores é uma solução que atende bem essa necessidade. 

Trata-se de um sistema de Wi-Fi composto por dois módulos ou mais, que se comunicam e formam uma rede única, como uma malha. Assim, toda a rede se torna estável e uniforme. Em alguns modelos, é possível conectar até 60 aparelhos. 

Dessa forma, não há preocupação com a conexão, e você pode ter um bom desempenho em todos os seus dispositivos inteligentes estejam onde estiverem espalhados pela casa

Smart home: cada vez mais inteligente, prática e possível

O mercado de smart home ainda encontra certa resistência por falta de conhecimento sobre as vantagens e o custo-benefício de uma casa inteligente.

Mas devido às conexões sem fio e a internet das coisas, com as casas cada vez mais conectadas, está mais fácil instalar dispositivos inteligentes, que não precisam de cabeamento e unem praticidade, segurança e estilo. 

Quem somos

A Empresa

Fundada em 1994, a Nataltel é revendedora autorizada da Intelbras no estado do Rio Grande do Norte e referência em produtos e serviços nas áreas de segurança, telecomunicações e redes.

Especializada em centrais telefônicas para empresas e condomínios, cabeamento estruturado, câmeras e sistemas de monitoramento.

Open chat
Precisa de Ajuda?